Barreado: iguaria de Morretes, no Paraná

O prato típico é servido com arroz, farinha de mandioca e rodelas de banana maçã

Patinho

Sobre a Receita
  • 10 pessoas
  • 8 horas e 30 minutos
  • Avançado

Você pode substituir Patinho por:

O barreado é um prato de carne que veio para o litoral do Paraná nas caravelas portuguesas do século 18. Era muito consumido nos dias em que as pessoas se reuniam nos mutirões para trabalhar na construção de igrejas ou obras públicas.
A carne é cozida lentamente, durante horas, dentro de uma panela de barro vedada com uma massa de farinha.
Hoje, é  um dos pratos mais típicos da cozinha no Estado e também atração turística da pequena cidade de Morretes.

 

Os encantos de Morretes/PR

Morretes é uma cidade histórica que fica a 67 km de Curitiba.

Foi batizada com esse nome por estar cercada de pequenos morros, bem aos pés da Serra do Mar.

Seus primeiros habitantes eram aventureiros e mineiros que chegavam em busca de ouro no século XVII. Hoje tem mais de 16 mil habitantes (chamados de morretianos ou morretenses).

A cidade é cortada pelo rio Nhundiaquara que em tupi-guarani quer dizer toca do peixe (nhundia = peixe; quara = toca). Às suas margens estão charmosas construções históricas da era colonial. E essa combinação de beleza natural e riqueza histórica rende um belo passeio para os turistas que podem caminhar pelas ruas de paralelepípedo ou pela beira do rio. E, quando bate a fome, a dica é parar num dos vários restaurantes locais para provar o barreado, prato típico da região com carne cozida lentamente.

Quem nos dá a receita do Barreado é a chef Silvia Cardoso, do restaurante Madalozo, uma das casas tradicionais de Morretes. Ela esclarece que quem quiser fazer o barreado apenas para 5 pessoas, é só reduzir os ingredientes pela metade.

Ingredientes

  • 5 Kg de Carne (patinho)
  • 1 ½ Kg de Cebola
  • 200g de Bacon
  • 100g de Sal
  • 20g de Cominho
  • Folhas de louro
  • 50g de Alho
  • 5g de Pimenta do reino
  • 3 Litros de água
  • 500g de Farinha de mandioca
  • 100g de Farinha de trigo

Modo de Preparo

Carne
Cortar a carne em forma de cubos de 5 cm aproximadamente.

O bacon deve ser cortado em pedacinhos menores, média de 1 cm.

Bater no liquidificador a cebola e o alho com um litro de água.

Em seguida, colocar todos os ingredientes na panela junto com 3 litros de água.

Para vedar a tampa, colocar num recipiente a farinha de mandioca, farinha de trigo e um pouco de água.

Misturar bem e amassar com as mãos, até obter uma pasta.

Com as mãos molhadas, utilizar então essa massa para “barrear”, isto é, vedar toda a volta da tampa.

Depois desse preparo, colocar a panela em fogo alto, até obter a fervura.

Em seguida, baixar o fogo e deixar a panela cozinhar por 8 horas aproximadamente. A carne vai estar no ponto ideal, desmanchando-se na boca.

 

Acompanhamentos pirão do barreado, arroz e banana-maçã
Para o pirão, juntar farinha de mandioca ao caldo bem quente do  barreado. O pirão deve ser colocado no fundo do prato. No restaurante Madalozo, são adicionadas 3 pimentas de cheiro. Quem quiser, pode utilizar pimentas mais fortes.

Vai à mesa com arroz, farinha de mandioca e rodelas de banana-maçã.

Recomenda-se saborear com uma cachaça fina, cerveja ou vinho.